sexta-feira, setembro 22, 2006

Rodrigo Correia de Oliveira. Esse é o nome do garoto que faleceu ontem em virtude de dois enormíssimos absurdos.

Estava na internet, quando uma aluna interrompeu meu trabalho pra perguntar: “professora, vc soube do que aconteceu?”. Então me contou que o Rodrigo havia morrido em decorrência de uma infecção hospitalar, depois de ter passado alguns dias numa UTI por ter sido esfaqueado.

Me lembro que ele era um menino calado, muito calado. Sozinho. Estava sempre com o olhar de vidro fixado nas paredes ou no próprio caderno fechado e em branco. Raramente fazia alguma atividade proposta em sala de aula. Seu nome no diário vinha cheio de lacunas, porque não entregava as tarefas de casa. Um dia, eu o tirei de sala e o levei à coordenação. E lhe expliquei que ele estava ali pra me dizer alguma coisa sobre como eu poderia ajudá-lo. Ao invés de manter sua atitude habitual de alheamento, ou de reagir com agressão por se sentir repreendido ou cobrado, ele me abriu um sorriso. E me desconsertou, porque eu sequer conhecia sua voz... Enxuguei os olhos, e disse que aquilo tinha me emocionado. Saímos dali e lhe dei um abraço. No corredor, ele me prometeu que se empenharia nas próximas aulas, mas disse que sua vida estava meio estranha mesmo... E, de fato, nas aulas seguintes, ele estava levemente mais disposto. Isso durou um mês e é basicamente tudo o que eu sei sobre esse garoto.

Ignoro os detalhes do caso. Não sei por que ele foi esfaqueado. Não sei por que não saiu vivo do hospital. Me contaram algumas coisas, que eu não procurei confirmar se eram verdadeiras ou não. Mas isso não tem a menor importância e não ameniza em nada o fato de que aí estão dois sérios problemas: violência e saúde pública. E que parecem se tornar banais pela recorrência. Mas que terminam por banalizar nossas vidas, e o meu discurso sobre o fato. O que mais tenho a dizer sobre isso senão que é um absurdo, tão grande, tão grande, que eu nem compreendo?

suene honorato

17 Comentários:

Às 22/9/06 20:57 , Anonymous MARILIA LINS disse...

muito triste e acirrada a história...realmente observa q a preocupaçao com a vitima nao esta tao grande!!!que mundo é este q nos vivemos??até quando isto irá ocorrer até quando o governo irá perceber que precisamos de mais segurança mais qualidade hospitalar???até quando será este pesadelo até quando?!?!?

 
Às 22/9/06 21:27 , Anonymous Ingrid Gonzaga disse...

nossa professora que história heim.. Tem muita coisa pra mudar nesse país..
Seu texto ficou ótimo (quem sou eu para falar isso heim) ..
Beijos professora

 
Às 22/9/06 21:43 , Anonymous Lívia Lemos disse...

Nossa como disse a Ingrid o seu texto ficou ótimo,professora, pena que o assunto é tão chocante. Mas apenas com declarações como essa que a gente se lembra que acontecimentos desse tipo são absurdos! E que é necessário fazer algo p/ mudar!

Beijos

 
Às 22/9/06 21:47 , Blogger `´é`´ disse...

segurança eh um redemedio, pode amenizar mas nao cura, o que eh preciso eh de uma cirurgia, um trasplante, uma operaçao que funde uma igaldade de oportunidades e que faca justica.

"Os ricos querem paz pra continuarem ricos, nos queremos paz pra continuarmos vivos..."

 
Às 23/9/06 06:38 , Anonymous Anônimo disse...

Oi Suene,
Seu texto como sempre muito bom, mas nossa realidade é de indignar mesmo...
Abs.

Patrícia

 
Às 23/9/06 09:08 , Anonymous Lua disse...

São coisas chocantes... Parece tão inevitável, mas não o é. Adorei sua história, Suene... Realmente aconteceu ou foi apenas uma história bem elaborada?^^... É um tanto difícil entender porque ações e reações assim acontecem. Eu não entendo...ú.u''....
Bem, vou voltar neste blog^^ Sempre, afinal, adorei o zine de vocês, e você sabe que amo seus textos!\o~~
Bjos...

 
Às 23/9/06 10:45 , Anonymous Nícolas disse...

Tambem nao entendo
Fico massa..

 
Às 23/9/06 11:31 , Anonymous Juh disse...

é claro q a historia é mto mais
complexa do q qualquer um pode imaginar,ao certo nao sabemos o motivo concreto , porem percebemos a reação das pessoas de indignação.
Isso revela q ainda temos algum sentimento.
Mas , do q adianta?!se daqui a algum tempo ninguem mais vai se lembrar do acontecido , sem nem se quer ter feito nada p/ q essa situação nao se repita!!
Todos os dias vemos historias como essa , q simplesmente são esquecidas pela população de uma forma tão banal...
nos acomodamos com essas situações
e nos tornamos insensiveis,culpa de quem??

___________________________________
;)

 
Às 23/9/06 16:08 , Anonymous marcelo brice disse...

certamente existe um forma das pessoas fazerem sua indignação ultrapssar a sensação de absurdo. temos que levar essa acontecimento pro âmbito da nossa ação cotidiano, de quem não se curva simplesmente à normalidade das coisas.

 
Às 23/9/06 17:15 , Anonymous Fernanda Machado disse...

Nossa Suene que coisa horrível num tenho nem o que falar sobre isso...

 
Às 23/9/06 17:17 , Anonymous Rodrigo tcharley disse...

Pena que a nossa realidade é essa. Seu texto ficou maravilhoso e retrata nossa realidade tão sofrida. abraço!!!!!!!!!!!!

 
Às 24/9/06 18:55 , Anonymous albert disse...

"Descendo ao sétimo Círculo, que é guardado pelo Minotauro,...os que praticaram violência contra o próximo; estes se acham mergulhados em sangue fervente" (DANTE/CANTO XII)

 
Às 25/9/06 14:16 , Anonymous Anônimo disse...

a arte imita a vida ou é o contrário?
no fundo somos estrelas sobre o mar, indiferentes ao rolar das ondas!
(anna k. lacerda / ?)

 
Às 25/9/06 15:23 , Anonymous eleusa disse...

eleusa disse...
é mesmo de indignar.. enquanto nossa saúde está cronicamente doente...os sanguessugas leva o orçamento da saúde pro ralo(ou seja pro bolso).

 
Às 27/9/06 11:53 , Blogger Dheyne de Souza disse...

Isso deixa a garganta seca.

 
Às 27/9/06 12:48 , Anonymous Veve-san disse...

eeeeeeeeeeee
viva o demo corognitio.

 
Às 21/11/06 21:37 , Anonymous Mayara Santos disse...

Uma triste história, que infelizmente acontece com muita frequencia em "nosso País".
Os "nossos" governates, usam tapa-olhos para as questões publicas e calamidosas.
É uma pena, ver um País como o nosso, numa situação tão deplorável!!

" uhuuuuuu!! suene, seu texto ficou ótimo. rsrs
Me fez lembrar de como vc se emocionou, quando apresentamos sobre uns fanzines... foi engraçado... e surpriendente deve lhe dizer!"

bjos prof... ;)

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial